[Poema] Puladinho – Augusto Meyer (1929)

Folclorista e jornalista gaúcho, Augusto Meyer (1902-1970) foi membro da Academia Brasileira de Letras. Estreou como poeta na década de 20. Entre suas obras ligadas a cultura popular, destaca-se o Guia do folclore gaúcho (1951).

————————

augusto_meyer3O Saci Pererê pula e saltita,
Bolinha renga de borracha
As folhas secas vêm valsar em torno dele.
Remoinho…
Pula o Saci como um diabinho,
Vira e gira, remexendo o puladinho.

Mas num puladinho mui chereta,
O tico-tico repinica:
Vou contar tudo pra titia, contar tudo pra titia!

E o Jão de Barro goza e berra uma gaitada:
Quá quá quá quá!

Augusto Meyer, Poemas de Bilu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s