PORANDUBA 46 – Cultura contra o ódio

Por Andriolli Costa

  • Clique AQUI para ouvir o programa, ou faça o DOWNLOAD clicando com o botão esquerdo do mouse e indo em “Salvar como”.
  • Gosta de ouvir em agregador de podcast? Assine nosso Feed

Bem-vindos à nossa Poranduba, o podcast sobre as histórias fantásticas do Folclore Brasileiro. No programa de hoje faço uma reflexão catártica a partir do ataque e da tentativa de censura sofrida pela peça A Mulher Arrastada, inspirada na história real de uma dona de casa morta por Policiais Militares e que deve seu corpo arrastado por 350 metros após cair do porta-malas da viatura no RJ. Neste sábado (22), em Porto Alegre, vizinhos ligaram uma grande caixa de som tocando ópera ao lado do teatro para que a peça não fosse realizada. A cultura, para eles, é violência. A ópera foi usada como uma arma, para agredir o outro. Esta semana falamos sobre como a cultura pode resistir ao ódio e de que formas o folclore, ao ser visto como “inofensivo” por este que encaram agentes culturais como inimigo, pode servir como espaço de respiro para estes tempos de intolerância e barbárie.

Fale conosco pelo e-mail colecionadordesacis@gmail.com 

Apresentação e edição: Andriolli Costa.
Vinheta de Abertura: 
Danilo Vieira Battistini, do podcast O Contador de Histórias.
Logo do podcast: 
Mauro Adriano Muller – Portfólio.

– Canto de abertura e encerramento do povo Ashaninka

Cena da peça A Mulher Arrastada

Comentado no episódio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s