Folclore na Passarela

CulturaInPopIlustracao

Num ensaio imaginário, digno da Vogue, o gorro do saci dá lugar a um lenço cuidadosamente amarrado para atrair as câmeras. Curupira se equilibra em longos saltos de plataforma virados para trás. Lampião vira bolsa para o desfile de Maria Bonita.

Colocando folclore na passarela, misturando cultura popular e haute couture, o artista Felipe Minas ilustrou em 2012 a segunda edição do Cultura in Pop, em Minas Gerais. As artes se transformaram em pop cards, utilizados para divulgar o evento.

As referências estão por toda parte, inclusive no nome das modelos. Derci Pererê, Lu Valmira e Cléo Bumbá representam ícones do folclore mineiro – e, por que não, nacional. A ilustração Cangaço foi inspirada num dos mais importantes movimentos da nossa cultura. Lampião, seu principal ícone, é simbolizado como a bolsa de mão de Maria Bonita. “A pose de bravura representa a identidade dos cangaceiros independentes com espírito de honra e heroísmo”, informou a organização.

A ilustração Maria Arraiá foi inspirada nas festas de São João. O pão de queijo na tigela retrata nossa comida mais marcante, enquanto o chapéu de palha e as vestes retratam os arraiás, ricos em uma profusão de cores e misturas.

Por fim, a ilustração Dona Lisa Piedade foi inspirada na obra Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, mesclada com Nossa Senhora da Piedade (santa padroeira de Minas Gerais) e com referências a Aleijadinho, um dos maiores nomes de nossa arte e cultura.

Confira as artes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s