[Prefácio] #Folktober, de Daniel Batista

Tive a alegria de ser convidado para escrever o prefácio do sketchbook #Folktober, que reúne todas as artes que o ilustrador Daniel Batista produziu diariamente no mês de outubro inspiradas em personagens do folclore nacional. Abaixo você encontra o texto na íntegra. O lançamento do livro será na CCXP.

24201461_1486659638048490_823565233_o

Capa e contracapa do sketchbook. Clique para ver maior.

Por Andriolli Costa

O ano era 1917 quando o escritor Monteiro Lobato – sempre ele – publicou pela primeira vez na imprensa brasileira a foto de um saci. Tratava-se de uma escultura em barro feita por Manequinho Lopes, que plasmava em imagem o duende brasileiro que há mais de um século já habitava o imaginário no país. Como resposta, o artigo que acompanhava a imagem recebeu por um lado a nostalgia, mas por outro a revolta. Alguns leitores reclamaram que um jornal sério daqueles desperdiçasse espaço de página com “tamanha bobagem”, uma crendice popular daquelas que fazia o país não ser levado a sério ante os povos “mais civilizados”.

Provocador como sempre, Lobato insistiu no tema. Naquele mesmo ano, faria o chamamento que se tornaria o “Inquérito sobre o Saci”, um livro resultante das histórias enviadas pelos leitores do jornal envolvendo o perneta. Mas ainda não era suficiente. Pouco tempo depois, em março daquele ano, abre uma nova convocatória: Era o chamado para a Exposição do Saci.

Até aquele momento, folclore brasileiro era tema completamente ignorado pela arte clássica – tão influenciada que era pelos motivos europeus. No final do século XIX, cada vez que um jornal falava do tema, investia vários parágrafos com um pedido de desculpas antecipado aos leitores. Lobato preparou o terreno, abriu as portas das galerias. A primeira vez que, na terra do Saci, o mesmo penetraria triunfalmente no ramo das artes. E com ele, todos os outros mitos tupiniquins.

Hoje, 100 anos depois, encontramos o lastro desta inspiração. O preconceito ainda não foi vencido, isso é verdade. Muitos ainda torcem o nariz quando se fala em folclore nacional. Ainda assim, aqueles que se permitem mergulhar na alma do povo, encontram no imaginário uma fonte inesgotável de inspiração para o constante recriar dos nossos mitos.

Daniel Batista faz este mergulho e faz emergir toda a riqueza da cultura brasileira. Ao longo de todo o mês de outubro, em mais um desafio de sketches do #inktober, ele trouxe diariamente sua versão de monstros e personagens de narrativas folclóricas em um trabalho consistente e carregado de referências.

Tive a felicidade de ser uma de suas fontes, e acompanhava com grande interesse a sua tentativa de dar visibilidade ao invisível. De dar um rosto àquilo que, por definição, não tem uma forma – mas várias. Um desafio que Daniel abraçou com interesse e afeto.

Uma das coisas mais interessantes ao se investir na arte de inspiração folclórica é entender aonde está a autoria da obra. Daniel traz uma visão extremamente autoral, carregando suas marcas a cada novo sketch. No entanto, o coautor de todas as obras é o povo, e nele encontramos a identificação que ultrapassa mesmo o traço mais estilizado.

Percorra neste livro a galeria pessoal deste jovem artista que se permitiu viver o encantamento. Escute os mitos, ouça o que eles têm para contar. Eles podem nos dizer muito sobre o mundo, sobre os outros e principalmente sobre nós mesmos. Cabe a você decidir se quer ouvir.

Andriolli Costa - Colecionador de Sacis

Andriolli Costa é jornalista e saciólogo sul-matogressense. É editor do blog O Colecionador de Sacis, fotógrafo do projeto Folclore Nu e apresentador do podcast Popularium, todos dedicados a divulgação e valorização da cultura popular brasileira.

Veja mais do trabalho de Daniel Batista.

Anúncios

Uma resposta para “[Prefácio] #Folktober, de Daniel Batista

  1. Pingback: #EuColecionoSacis – Resultado da Campanha | Colecionador de Sacis·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s