Lendas Urbanas: Bonecos assassinos são tema de primeiro episódio de nova série da Record

André-Bankoff-1

André Bankoff, protagonista do primeiro episódio gravado da série

Por Andriolli Costa

A série só deve estrear no segundo-semestre, mas já tem dado o que falar. Lendas Urbanas, uma produção da Sentimental Filmes e da Record vai explorar o folclore das cidades. A empolgação foi tão grande após a gravação do primeiro episódio que foram encomendados logo mais. Dos cinco episódios previstos, agora a primeira temporada contará com 10.

Os protagonistas do episódio inicial foram os atores André Bankoff e Natália Lage, que já trabalharam juntos na série Tempero Secreto, no GNT. Em entrevista exclusiva ao Colecionador de Sacis, Bankoff revela detalhes de sua participação na série: “O episódio que gravei é sobre as lendas dos bonecos assassinos. Sabe aquelas histórias? Fofão, Chucky, Boneca da Xuxa… Tudo isso”. Cada episódio contará uma história fechada.

Sem entregar muito da narrativa, o ator conta que desde a cena que fez para o teste do personagem já fica clara a proposta da série, que não será exatamente de terror, mas estará “nos limites do suspense e do psicológico”. A cena que o fez levar o papel envolvia seu personagem, Marcos, percebendo que havia algo errado com sua família. Sua esposa, personagem vivida por Natália Lage, não conseguia mais amamentar o segundo filho. Seria depressão, ansiedade, ou alguma outra coisa?

Lendas Urbanas:
Mitos e lendas habitam o imaginário popular, seja no campo ou na cidade. As histórias são transmitidas pela tradição e levam sempre uma mensagem que ensina algo sobre os valores da comunidade. Não é diferente no caso das lendas urbanas. Bankoff, que cresceu em Americana, no interior de São Paulo, lembra bem disso.

“Minha avó Maria, hoje com 88 anos, vivia me contando essas histórias. Ela dizia: ‘está tarde, menino! Vem tomar banho e entra pra casa, se não o homem do saco vai te pegar!”. Certa vez, ainda criança, ele viu no lado de fora da casa um velho, possivelmente bêbado, que gritava bem alto: — Dez! Nove! Oito! Sete! Seis…“Eu jurava que era o homem do saco fazendo contagem regressiva para me pegar!”, diverte-se.

Outra assombração que o assustava era da Loira do Banheiro. “Morria de medo de encontrar a loira. Tanto é que passei a fazer xixi só no mictório, para não dar com ela”. A loira não era um medo colocado pela avó, mas pelos amigos de colégio.

notícias de uma restrição por parte da Record envolvendo a temática religiosa na série. Não veremos, portanto, nenhum episódio dedicado ao Bebê Diabo do Notícias Populares. No entanto, certamente material não falta para novos episódios. É importante lembrar ainda da resistência de certos grupos religiosos a qualquer tema envolvendo mitos folclóricos – tidos como coisa do demônio. Uma série dessas no canal é de se surpreender.

A direção geral de Lendas Urbanas é de Fernando Coimbra, de Castelo de Areia (2017) e alguns episódios de Narcos; mas o episódio estrelado por Bankoff foi dirigido por Juliana Rojas, do premiado “As Boas Maneiras” (2017), sobre um bebê lobisomem. Parece que a série está em boas mãos.

Anúncios

Uma resposta para “Lendas Urbanas: Bonecos assassinos são tema de primeiro episódio de nova série da Record

  1. Pingback: PORANDUBA 3 – Urbânia | Colecionador de Sacis·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s