[#Saci100] Tânia Souza – Redemoinho do amor

Saci Perere

Texto da Revista Saci Pererê – 100 anos do Inquérito. Clique aqui para ler e baixar.

Por Tânia Souza

Menina, entra na roda escuta meu cantar
Chego no chegar, te beijo pelo ar
Eu tenho um dom de certo valor
Mãe terra, mãe natureza tem tanta beleza,
Tem também um não sei o quê quê quê ô
Nem todos conseguem saber, uns nem podem crer
Olê olê… iê lê lê ô

Tem coisa pequenina que a gente não vê
Tão bonitinha magia florescer
Mais bonito que a pétala macia é o cinza do teu olhar
Da flor mais bonita o perfume chamou,
E da menina mais doce da vila
Saci se enamorou
Olê olê… iê lê lê ô

Eu bebo em sua pele e consumo sua alma e é sem pudor
Não sabe, menina, que é tão bom seu sabor,
Vem pra cá menina, vem sem medo, menina
Que é nossa rotina tecer toda cor
Tem samba de roda bem longe do chão
E isso é cousa de coração
Olê olê… iê lê lê ô

Tenho cachimbo encantado
Moleque nem sempre safado
Vem sem medo, menina
Vem dar um cadinho de seu calor
Quero beijo tão doce ao seu lado
Sou cria da terra, segredo revelado
Redemoinho do amor
Olê olê… iê lê lê ô

———-

Tânia Souza é escritora de Mato Grosso do Sul

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s